sábado, 30 de novembro de 2013

Desconstruindo #6 – New York, New York





Ninguém acreditava, nem eu. Mas parece que agora o Desconstruindo engrenou (ou não). Com uma regularidade ainda longe do que gostaríamos, mas, enfim, nada é perfeito...

Neste 6º programa vamos dar um giro por Manhattan na companhia de JP Miguel, Maurício Saldanha, Thiago Cabello e eu. Como tirar o seu visto americano, quais melhores vôos e conexões, translado a partir do aeroporto, meios de transporte urbano, museus, espetáculos, parques, hotéis... tudo isso nós literalmente desconstruímos nesta edição, contando as nossas recentes experiências (algumas bizarras) durante os dias em que estivemos na Cidade que Nunca Dorme.

Só para organizar a coisa, dividimos o podcast  em dois arquivos, ambos disponíveis abaixo. Se tiverem algo a acrescentar (dúvidas, críticas, elogios ou opiniões), é só escrever nos comentários deste post. Realmente esperamos que vocês curtam o nosso papo :-)  

» Baixe aqui a parte 1 (clique com o botão direito e aperte "Salvar Link Como")
» Baixe aqui a parte 2 (clique com o botão direito e aperte "Salvar Link Como")


LINKS COMENTADOS NO PROGRAMA

» 10 Jardas Viagens (pacote turístico gerenciado pelo JP Miguel)
» Vídeos do Maurício Saldanha em Nova York (hilário, não perca)
» Podcast Ghost Writer sobre a arte da tradução (recomendo)
» Podcast Papo na Estante (escute todas as 34 edições, vale a pena)
» On the Set of New York (site com cenários de filmes rodados em NY)
» Literamorfose podcast (programa do autor e tradutor Eric Novello)
» Show de jazz do Woody Allen no Carlyle hotel (pra quem é fã)

MEUS ÁLBUNS DE FOTOS NO “FEICE”

» FAO Schwarz
» Metropolitan Museum of Art (Met)
» Dakota e Central Park
» Museu de História Natural
» Museu de Arte Contemporânea (MoMA)
» Prédio das Nações Unidas
» Show do Woody Allen / NBC

BARES E RESTAURANTES

» Carmine’s
» Katz's Deli
» Carnegie Deli
» Four Seasons
» Bubba Gump
» Oyster Bar

MAIS LINKS

» iTunes (confiram se está funcionando. Não sei se consegui)
» Escute os programas anteriores

26 comentários:

Nathan Ramos disse...

Poxa me identifiquei muito com oque o dudu falou sobre pessoas que não "gostam" de ler, pois não encontraram ainda algo que despertassem o interesse. Eu tenho 17 anos e até a metade desse ano eu não lia nada, mas achei algo que me interessei e meu primeiro livro lido por vontade própria foi a série cronicas de gelo e fogo.. Abraço

Ana Carolina Aguiar disse...

Como sempre, muito bom! Aguardo ansiosamente pelo próximo. E realmente me despertaram uma vontade que eu não tinha de conhecer NY, adoraria ouvir a opinião de vocês sobre mais destinos, estou torcendo para que façam um sobre Londres.
Seria incrível também um programa sobre o Woody Allen...
Parabéns pelo programa! Sou grande fã de vocês.

Marcos V. Bustamante disse...

Excelente podcast. Foi o primeiro que ouvi e já virei fã. O assunto caiu com uma luva já que penso a um tempo em fazer minha primeira viagem internacional, e tinha um mar de dúvidas quanto ao destino, o que visitar e todos os trâmites que envolvem uma viajem assim. Gostei de todas as dicas sobre o que visitar em NY e fiquei surpreso pela quantidade de coisas a se fazer e ver por lá, tanto que a vontade de ir para Orlando e Los Angeles foram suprimidas pela vontade de conhecer NY. No entanto vi que de fato o preço dos hotéis oneram demais o pacote, vocês deram algumas dicas de hotéis mas saberiam de alguma outra opção talvez que pudesse sair mais em conta ? Ou se é seguro ficar em albergue ? Eu vi o vídeo do Maurício Saldanha e vi que agora por causa da lei em NY não é mais possível alugar uma casa para passar alguns dias, o que te obriga a procurar hotéis e albergues. Então gostaria de saber se vocês tem mais alguma dica de hospedagem em NY.

Abraço à todos, e agora minha missão é conferir todos os podcasts anteriores :)

feyx disse...

Estou gostando bastante do formato do Desconstruindo, é muito bom de ouvir como se estivesse participando de uma conversa. Continuem assim!

Guilherme Vertamatti disse...

Boa tarde Srs!

Antes de colocar comentários mais profundos, gostaria de parabenizar vocês pela melhoria desse podcast em relação ao último, no quesito técnico.
Parece que vocês estavam melhor organizados para fazer essa gravação, uma vez que o podcast ficou mais estruturados e deu até para ter uma ótima ideia dos itens da pauta! Além dos segundos de "silêncio" que foram retirados na edição, deixando o áudio mais fluido e gostoso de ouvir.

Agora ao conteúdo! Achei sensacional o conceito de que NY não tem uma culinária tradicional, mas RESTAURANTES tradicionais! Pois acho que é o destino de toda metrópole, uma vez que mesclam inúmeras culturas e povos.

Tenho MEGA vontade de conhecer NY, que está na minha lista de próximas viagens internacionais, pois adoro cidades grandes, como Londres e Sampa (se é que dá para comparar), então a capital do mundo é uma opção óbvia!
Obrigado JP pela elucubração de qual a melhor época, vou me nortear por ela!

Bem, ficaria muito grande se eu comentasse tudo, mas queria agradecer o "bônus" no final, que parece ter sido feito especialmente para esse podcast!

Keep up the great work! Que está ficando INSANO!

PS: Sobre o DS5, havia lido os livros em inglês e, depois que comentaram sobre a tradução, busquei alguns trechos em português. Simplesmente não sabia se ria ou chorava!

Grande Abraço (e comentário, sorry)
Guilherme

mile disse...

livros, filmes, viagens... me identificando cada dia mais com o Desconstruindo!!!

rocpet disse...

Olá pessoal, tenho acompanhado o blog e estou curtindo bastante o podcast.
Estive com minha esposa em Outubro em Nova Iorque. Fizemos tudo por aqui, comprei vouchers das coisas que queríamos ver pelo site NY pass, que tem vários descontos comprando antes. Achei o metro de lá e a localização geral da cidade muito fácil de andar, pois tudo é numerado e lógico. Peguei um mapinha e não me perdi em nenhum momento. Fiquei em Chelsea, aluguei um apartamento via uma imobiliária que achei online e fiz todo o planejamento online. Comprei ingresso para jogo da baseball, ingressos de museus e até os ingressos da New York Comic Con, um dos principais motivos para ir nesta época. A cidade é realmente maravilhosa e durante os 15 dias que fiquei lá, visitei muita coisa. Com certeza voltarei. Existem diversas lojas especializadas que são obrigatórias para fãs de quadrinhos. Um abraço a todos e continuem com o podcast!

Renan Santos disse...

O_O

Irado!

Robson Pimenta disse...

Robson Pimenta, 17 anos
Fortaleza-CE

Ir até à Disney não é ir até os EUA, muitos erram nisso.

O que falta a galera perceber é que viagem é uma parada que você vai levar pra vida toda, se você vai a NY pra tomar coca-cola com cachorro quente, vai pra pra postar foto na Times Square, será que é estar NY mesmo?

Os preços atualmente estão caindo mais, eu não sei que mentalidade é essa que nós brasileiros temos que não podemos nos dar ao luxo de pequenos agrados diante de nosso esforço diários. Uma viagem é uma parada que vocêc nunca vai esquecer, serve até como motivação, quando você voltar de trabalhar mais para ter mais daquilo novamente, eu costumo falar que qualquer dinheiro gasto em viagens é reposto em conhecimento. Não gaste seu suado dinheiro em futilidades como festas, bebidas, carnaval e futilidades, guarde ele para comprar lembranças, um abraço! desculpem o tamanho do comentário, e continuem o bom trabalho

Jaderson disse...

Muito bom o tema. Que tenham outros podcasts sobre viagens! Abraço!

Maurilio disse...

Muito bom! =]

Kairo Abade disse...

Parabéns por mais um Desconstruindo!

Gostei muito da ideia de variarem os assuntos. Esse sobre NY foi muito legal, além de me surpreender. Que continuem com essa qualidade, e que, na medida do possível, consigam nos "abastecer" com esses ótimos podcasts!

Duas coisas:

Achei muito legal falarem sobre cidades, como ir, o que fazer. Vocês pretendem fazer outros do tipo? Se sim, talvez um lugar mais exótico seria bem legal!

Outra coisa. Já na parte de pedidos...vocês tem planos de um Desconstruindo sobre a série de livros Duna? Já escutei um ou dois podcasts sobre, mas ambos foram bem fraquinhos (na minha opinião) e acho que o desconstruindo poderia abordar a obra de uma forma bem legal!


Um grande abraço!

Marcus Bahia disse...

Marcus Bahia - 24 anos
Belo Horizonte - MG

Parabéns a todos pelo novo formato do podcast, espero que tenha muitos nesse formato, muitas dicas boas, espero um dia poder utilizá-las!

Laura disse...

Adorei o podcast, principalmente pelo tom de conversa solta.
Gostaria de sugerir aqui a pauta que mencionei para o Eduardo via Twitter que seria Desconstruir Artes Marciais. Apenas ressalto que deveria ter uma mulher falando sobre o assunto.
Digo porque é uma surpresa para alguns a minha própria presença num tatame. E já virou recorrente o comentário "nossa, mas você parece tão frágil e delicada", para não mencionar alguns piores. Óbvio que eu (e outras meninas) não me abalo. Em geral a minha própria resposta é bem direta: você só pode ser delicada e frágil se for muito forte. E afinal, estamos falando de artes suaves!

Leandro Vallina disse...

Ola Amigos, adorei o cast e me identifiquei muito com o tema, afinal eu dei a "sorte" de conseguir ir para NY em 2011, na época todo os meus familiares foram contra a viagem por que eu fui com a minha esposa e com a minha filhota que tinha apenas 1 ano de idade (por isso foram contra.kk)

Fomos no final de outubro e pegamos temperaturas em média de 6 graus (positivos) mas o que foi dificil de suporta era a grande ventania que percorre pelas ruas. Mas ainda bem que ninguem ficou doente e a minha filhota apenas odiou as papinhas de lá e acabou sobrevivendo os 12 dias da viagem a base de leite, pão (croassant) e bananas.

Uma coisa interessante que eu percebi por lá são as farmacias que parecem um supermercado e outra tipo de loja que me ajudou muito são as vendinhas de orientais (coreanos ou chineses) e não é só por chinatow não, elas estavam espalhadas por vários cantos da cidade. Agora uma grande decepção foi com a rede KFC, pareciam botecos!

Em relação ao metro eu acabei comprando os passes de uma semana por $27 só que desisti deles no segundo dia, é muito confuso e como no segundo dia eu tinha visita marcada para a coroa da Estatua de Liberdade (tinha comprado os tickets 6 meses antes) e não queria perder o horario, acabei pegando o taxi para chegar ao local do barco e do hotel (proximo ao Empire States) até aquela praça onde tem os barcos que vão pra ilha, eu gastei $17, o que achei barato lembrando que estou eu a minha esposa e um bebe.

Dessa forma acabai abandonando o metro e usando taxi para tudo

Vivemos muito de lanches por lá, já que não conseguiamos encontrar restaurantes normais, os unicos que encontravamos eram carissimos, pratos para cada um acima de $25 e os restaurantes brasilieros então (da Av Brasil) esses nem se falam, são uma facada incrivel mesmo.

Vivi de Wal mart (tinha microondas no quarto) e de pizza e fast food.

Em relação aos passeios eu comprei aqueles city pass onde economizamos um bocado em 6 lugares diferentes. Mas o que mais me deixou maluco foi ir na ponte do Brooklin de noite.

Assim como o Mau Saldanha, eu tambem vivi babando pela cidade atraves dos filmes, só que no meu caso além de filmes eu pirava também com os games que sempre mostravam de forma magnifica a ilha. (tanto que até escrevi um post sobre NY nos games no meu site http://filmesegames.com.br/2012/nova-york-atraves-dos-games/)

Mas, como estava dizendo, o melhor passeio que fiz por lá foi as 23:00 na ponte do Brooklin, a minha esposa estava desesperada achando que seriamos assaltados/sequestrados/estuprados e coisa do tipo, mas como o nossos dias estavam lotados de passeio, eu so consegui ir lá no ultimo dia e nesse horario (era isso ou nada) e fomos pra lá de taxi, o taxista mesmo estranhou o passeio de um casal e uma criança de 1 ano de idade naquele horario. E fez a cagada de deixar a gente embaixo da ponte, ali sim era meio embaçado, mas para subirmos a ponte voltamos duas quadras e ai sim pegamos a entrada principal, só que coloquei a mão no totem da ponte (aquele que tem a placa de metal) por volta da 24:30. Tiramos inumeras e maravilhosas fotos da skyline e por incrivel que parece ainda tinha muita gente por lá, a maioria eram moradores da cidade fazendo cooper. Não tive nenhum problema de segurança a viagem toda e levar a minha filhota foi a melhor coisa que eu fiz, afinal furei varias filas por causa dela, a gente até pegava as filas normais, mas sempre vinha algum segurança do local e puxava a gente para as filas especiais.

Adorei a viagem e pretendo voltar.
Amigos me desculpem pelo tamanho do comentário, na verdade foi mais um desabafo mesmo. E tenho que dizer que já ouvi outros 3 casts de viagens a NY, mas foi só o de vocês que conseguiram me emocionar e fizeram eu voltar (mentalmente) aquele local incrivel.
Continuarei acompanhando vcs um super abraço
Leandro Vallina

Edmilson Silva de Mendonca disse...

Quero começar este post agradecendo, não só pelo podcast muito bem feito e editado, com pessoas que realmente sabem o que dizer, mas principalmente por proporcionar através deste episódio (NY) um flashback na minha mente de ótimos momentos.
No mês de agosto, fui com minha namorada a NY e fiquei lá por 11 dias e em vários trechos do programa vi a minha viagem sendo descrita.
Realmente, NY é uma cidade que deve ser curtida a pé, mas não tive problemas com o metrô (fiquei na 58th com a Broadway, e a estação mais próxima - Columbus Circle - era uma das paradas de todos os expressos, além de estar muito bem localizada, na boca do central Park). O Hotel em que me hospedei, o Hudson, é um dos que o JP citou, dessa leva moderna, com cara de balada (e tinha mesmo balada, todo dia!!)
O Metropolitan e o Museu de História Natural são sensacionais, nunca vou tirar da memória os momentos que passei ali, o MoMA eu achei legal, mas não estava tão preparado para ele hahaha...
É de se exaltar a segurança, limpeza e receptividade que recebemos lá...nas lojas os vendedores nos deixavam à vontade, o que alegrou muito minha namorada (a propósito, um beijo Carol, te amo!!), tá certo que eles não eram muito simpáticos, mais eram objetivos e sabiam muito do negócio. Fizemos a maioria dos passeios "padrão turista de 1ª viagem": Prédios, estátua, central Park etc. mas ainda temos muito a conhecer e explorar na capital do mundo.

Seguem alguns momentos sutis que eu jamais esquecerei:
1 - Desci em Newark, cheguei ao finzinho da tarde e o avião tem que beirar a ilha pra pousar... foi uma cena de cinema, nenhum quadro seria mais bonito;
2 - A 1ª vez na Times Square;
3 - A 2ª, a 3ª...todas as vezes na Times Square;
4 - Sair do Museu de História Natural num dia quente e comprar um sorvete naqueles carros típicos, com musiquinha e tudo;
5 - Deitar no "gramadão" do Central Park com minha namorada...


Finalizo este extenso comentário desejando muito sucesso e continuidade ao podcast. Continuem descontruindo temas e construindo conhecimento em nossas mentes.

Um grande abraço,
Edmilson Mendonça - São Paulo/SP

Igor Rodrigues disse...

Fala, Dudu! Ainda escutei só a primeira parte, mas me chamou a atenção quand vc contou da história de ter andado pelo Central Park a noite. Aconteceu a mesma coisa comigo! Estávamos em um grupo de umas 6 pessoas na viagem, mas no dia em questão nos separamos e ficou eu e outro amigo. Após passarmos o dia no Museu de História Natural, fomos visitar o Museu do Sexo e, na volta, meio que nos perdemos e, para voltar pro hotel, decidimos passar pelo meio do CP. A noite. Com chuva.
Apesar de todo mundo nos falar depois que era perigoso, eu não me lembro de me sentir ameaçado ou com medo hora nenhuma, pelo contrário: foi uma mega diversão para um jovem de 18 anos, que estava dislumbrado com a cidade. :)
O cast está sensacional, espero que vcs continuem soltando novos episódios sempre.
Se eu tiver mais comentários após escutar a segunda parte, volto aqui.
Abraços

Pedro de Carvalho disse...

Queridos, amei o Podcast. A única ressalva é a parte 2 não foi pro Itunes. Só tem a parte 1 lá. Enfim, bom trabalho, gente

Tupã Kawasaki disse...

Muito bom esse podcast! Confesso que nunca acompanhei o Filosofia Nerd, inclusive porque os temas de RPG não me chamam tanta atenção, mas esses dias vi uma publicação do Spohr no facebook falando sobre esse podcast de NY. Achei animal, eu que ainda quero muito ir pra lá, me diverti muito.
Um ponto que me deixou bem feliz foi a participação do Mau Saldanha, que sou fãzasso, mas acabei não acompanhando muito nos últimos tempos.

Olhem esse texto do Gregório Duvivier sobre NY, saiu nessa segunda! Tem alguns detalhes que vcs falaram! hahaha

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gregorioduvivier/2013/12/1382701-a-metade-do-copo.shtml

Thay Shay disse...

Adorei o podcast, principalmente porque conheci NY esse ano.. Uma experiência mágica que recomendo a todos.
Escutei a primeira parte pelo iTunes, gostei tanto que entrei aqui para ver a segunda haha..
Por favor, continuem :) estão de parabéns pelo trabalho!

Bruno Marques disse...

Pô dudu e tiago, mais uma vez ótimo podcast. Me dando uma vontade imensa de ir, começar a controlar minhas finanças pra ir... Mas caras, tive a sensação de que o Sr. K ia ser um integrante essencial nesse podcast, ia ficr muito bom com ele, mas de qual quer forma foi sensacional, valeu pessoal! (continuem)

Farofaman disse...

Parabéns por mais esse episódio do "Desconstruindo"... Estou planejando uma viagem para a costa leste dos Estados Unidos e gostei muito das informações que recebi de vocês e das estórias narradas!!!
Excelentes participações do JP e do Maurício Saldanha...
Muito bom, e que venham novas viagens :)

Ricardo Philip disse...

Muito Show!

http://criticandonamadruga.blogspot.com.br/

Afro K disse...

Eu quero ir mt a Nova York, mas de momento eu vivo na Espanha. E o legal disso e conhecer otro pais mais profundamente. Costumo viajar pela Espanha, nao muito longe da minha cidade, (Vigo, Galacia) mais pretendo ir para Madrid e Barcelona qualquer dia!

Gabriel de Santana disse...

Gente, esse blog é show!
Eu entrei nele esses dias e gostei muito, vejam ai!
oficialhighnerd.blogspot.com.br

Gleison Malheiros disse...

Opa, muito bom o podcast.
Nos próximos vocês poderiam colocar o soundtrack dos podcasts.